Atividade de Interpretação - Poema Murmúrios Inaudíveis - 8º ano e 9º ano

Com sua linguagem repleta de sensibilidade e subjetividade, os poemas são capazes de transmitir ideias, emoções e experiências de maneira singular. Por isso, trabalhar a interpretação de poemas é um exercício enriquecedor para o desenvolvimento linguístico e emocional dos alunos. Nesta publicação, o site Tudo Sala de Aula preparou uma excelente atividade de interpretação do gênero poema de Marina Vasconcelos "Murmúrios Inaudíveis" para os estudantes do 8º e 9º ano envolvendo vários descritores do Saeb.

Você pode baixar esta atividade em PDF no final, pronta para impressão.

Leia o poema a seguir e responda às questões.

MURMÚRIOS INAUDÍVEIS

Marina Vasconcelos

Sento-me no chão do quarto
E me permito finalmente sentir.
Libero meu lado mais vulnerável
Depois de há tanto o reprimir.
O que sinto já não reconheço,
Então na escrita o tento definir.

Mergulho em meu próprio caos
Na tentativa de o entender,
Mas lentamente sou sufocada,
Meu corpo não pode se mover.
O silêncio quebra meus ossos,
O frio vazio congela meu ser,
De minha boca saem murmúrios
De tudo o que nunca pude dizer.

Todas as palavras não ditas
Adormecidas em meu peito,
Acumularam-se até transbordar,
Tornando meu coração estreito,
De onde saem gritos de desilusão
E um choro iminente insatisfeito.


Marina Vasconcelos (Estudante do Ensino Médio, Acaraú-CE, 2023)


1. Na primeira estrofe, o eu lírico faz uma análise íntima e reflexiva sobre si e demonstra a experiência de se permitir sentir e expressar emoções reprimidas. Assim, nessa estrofe, é revelado um profundo sentimento de 
a) contentamento.
b) melancolia.
c) sociabilidade.
d) nostalgia.

2. O eu lírico revela estar reprimindo suas emoções por um longo período, resultando em um acúmulo de sentimentos não expressos. Qual a estratégia adotada pelo eu lírico para minimizar essa angústia situação?
_______________________________

3. Em: “Depois de há tanto o reprimir”, o termo grifado se refere, no poema, a um
a) sentimento.
b) desejo utópico.
c) elemento físico.
d) hábito contínuo.




4. O que o eu lírico tenta fazer por meio da escrita?
_______________________________

5. A imagem do eu lírico sentado no chão do quarto transmite uma sensação de isolamento e intimidade. É possível concluir que essa atitude é provocada principalmente pelo (a)
a) desejo de chorar.
b) anseio de introspecção.
c) vontade de descansar.     
d) ausência de alguém.

6. O que acontece lentamente com o eu lírico enquanto ele mergulha em seu próprio caos?
a) Encontra paz e tranquilidade.
b) Seu corpo se sente aliviado e relaxado.
c) Sente-se contido e incapaz de se mover.
d) Seu coração se enche de alegria e esperança.

7. Uma ideia de oposição apresentada pelo poema é encontrada em qual verso?
a) “Todas as palavras não ditas”
b) “Mergulho em meu próprio caos”
c) “Então na escrita o tento definir”
d) “Mas lentamente sou sufocada”

8. Qual é a consequência direta da repressão emocional descrita no poema?
a) Uma sensação de alívio e paz interior.
b) Um aumento do amor próprio e autoconfiança.
c) Uma acumulação de sentimentos internos.
d) Uma transformação das palavras em belas histórias.




9. No verso: “O silêncio quebra meus ossos”, é identificada qual figura de linguagem?
a) Metonímia.
b) Eufemismo.
c) Personificação.
d) Ironia.

10. Localize no poema a que / quem os termos se referem.

a) “Na tentativa de o entender”
___________________________

b) “Acumularam-se até transbordar”
___________________________

c) “Meu corpo não pode se mover”
___________________________

d) “Sento-me no chão do quarto”
___________________________

11. Na última estrofe, as palavras não ditas se manifestam no eu lírico como um
a) grito silencioso de satisfação.
b) choro contido de alegria.
c) transbordamento de desilusão.
d) um suspiro de alívio iminente.

12. Escreva 3 sentimentos do eu lírico observados no poema.
____________________________



Acesse outros conteúdos semelhantes.



Atividade em PDF está mais abaixo, pronta para IMPRESSÃO e GABARITO!





Não compartilhe o PDF, se precisar, compartilhe o link desta atividade!


GABARITO
1B / 2. O eu lírico resolve escrever para tentar definir essas emoções. / 3A / 4. Ele tenta definir e compreender suas emoções por meio da escrita, expressando o que sente, já que não é reconhecível e, portanto, busca na escrita uma forma de dar significado a esses sentimentos. / 5B / 6C / 7D / 8C / 9C / 10. a) "caos", b) "palavras", c) "corpo", d) o "eu lírico". / 11C / 12. (Sugestões de Resposta) Angústia, tristeza, agonia, solidão...


Deixe um comentário mais abaixo avaliando esta atividade, é só rolar a página! Ficaremos felizes com seu comentário.

Atividade feita com carinho por Tudo Sala de Aula 😉!

4 Comentários

O seu comentário é muito importante!

Postagem Anterior Próxima Postagem