QUIZ DE PORTUGUÊS - 15 - DIVERSAS HABILIDADES - 4º ANO E 5º ANO

Prova online de Português 4° e 5° ano com diversas habilidades. 

É necessário resolver todas as questões para gerar o resultado. Boa sorte!

Exibir respostas somente após resolver todas as questões:

Leia o texto abaixo. 

  (Caed/Mec) A finalidade desse texto é

Leia o texto abaixo para responder às questões 2 e 3. 

 fatosdesconhecidos.com 

  (Caed/Mec) O humor desse texto está no fato de

(Caed/Mec) Esse texto é uma história em quadrinhos, pois

Leia o texto abaixo. 

 O buraco do tatu 

 Sérgio Camparelli 

 O tatu cava um buraco 
Perde o fôlego, geme, sua, 
Quando quer voltar atrás, 
Leva um susto, está na lua. 

 fotolog.com 

  (Caed/Mec) Nesse texto, a expressão perde o fôlego quer dizer que o tatu

Leia o texto abaixo. 

 A tempestade 

    O trovão ronca. Os cachorros estão dentro de casa, pois têm medo de tempestade. Um último relâmpago cai no velho carvalho, fazendo um barulho assustador. Depois, a chuva começa a cair em grossas gotas. De repente, ouve-se um “toc-toc” na porta. Dudu late e Marilyn mia. 
     É esquilo Serelepe. Ele se refugia debaixo da chaminé, mostrando a última avelã que sobrou. 
     – Todas minhas avelãs foram queimadas com o trovão. O que vou fazer? 
     – Não se preocupe – Marilyn o acalma. 
     – Eu conheço a reserva aqui da casa! Vou trazer para você. Mas no próximo outono, você terá de fazer a sua. 
     – Sim, mas... – confessa o esquilo entediado. – Não me lembro de onde estão as castanheiras! 
     Todos os animais brincam com carinho com o esquilo. 
     – Vamos esperar o sol para colher as castanhas! – sugere Dudu. – Assim, Serelepe terá reserva para o próximo inverno. 

 VIDEAU DE, Valérie 

  (Caed/Mec) Nesse texto, a história começa quando

Leia o texto abaixo. 

 Os melhores amigos dos humanos 

     Quando adotou sua cachorra, a psicóloga Natércia Tiba começou a pensar em todos os outros animais que, como o dela, também mereciam um lar. [...] Em entrevista à repórter mirim Clara M., 11 anos, Natércia explicou quais benefícios os animais de estimação podem trazer aos donos, como as crianças. Confira. 
     Quais são os benefícios para quem adota animais de estimação? 
     Um dos benefícios é a emoção ao longo do dia, porque, se você tem um animal de estimação por perto, não tem como não dar risada em algum momento. Também aprendemos a lidar com a responsabilidade, porque precisamos cuidar deles. [...] 
     Qual foi o caso de adoção que mais te impressionou? 
     Em uma feira de adoção, tinha uma cachorra que se chamava Pantufa, que era muito grande e idosa. Por isso, achamos que seria muito difícil que ela fosse adotada. Mas chegou uma adolescente que olhou para a Pantufa e, mesmo no meio de tantos filhotes, escolheu adotá-la. Fiquei muito emocionada em ver uma adolescente que, em vez de ficar atraída por filhotes fofinhos, ficou tocada por um cachorro idoso. [...] 

 JORNAL JOCA 

  (Caed/Mec) Nesse texto, no trecho “Quando adotou sua cachorra...” (1º parágrafo), a palavra em destaque foi utilizada para

Leia o texto abaixo. 

 Pilar na Índia 

Essa menina não para quieta! E que bom! Pilar já foi para o Egito, passeou pela Amazônia brasileira, deu um pulo no Peru… Dessa vez, seu destino é a Índia, onde irá conhecer o cinema Bollywood, o enorme Taj Mahal e até o… Dalai Lama?!? É isso mesmo? Prepare as malas e vamos nessa! Diário de Pilar na Índia. 

 Texto de Flávia Lins 

  (Caed/Mec) De acordo com esse texto, o destino de Pilar, dessa vez, é

Leia o texto abaixo e responda às questões 8, 9 e 10 … 

quem descobriu a pipoca? 

     [...] A verdade é que não se sabe ao certo quem descobriu essa delícia, nem quando. [...] Acredita-se que o milho que estoura na panela e vira pipoca tenha sua origem no México. Há relatos de historiadores que dizem que o milho de pipoca foi o primeiro tipo de milho a ser consumido pelos seres humanos como petisco. Ele também era usado como enfeite de cabelo durante danças e rituais indígenas. 
     Alguns estudos indicam que os grãos de milho já faziam parte da vida dos indígenas norte-americanos (ameríndios) e astecas há mais de 9 mil anos! [...] Acredita-se que esses nativos teriam descoberto por acaso que os grãos de milho estouravam quando atirados no fogo ou na areia quente. [...]      Entre 1948 e 1950, alguns pesquisadores encontraram evidências arqueológicas de grãos de pipoca em uma caverna localizada no Centro-Oeste do Novo México, território que já pertenceu ao México e foi anexado pelos Estados Unidos. Estudos indicaram que esses grãos datavam de mais de 5.600 anos atrás! Também já foram encontrados no norte do Peru grãos de pipoca que datam de cerca de 6.700 anos. [...] 

 chc.org 

  (Caed/Mec) Qual é o assunto desse texto?

(Caed/Mec) Esse texto serve para

(Caed/Mec) De acordo com esse texto, os grãos encontrados no Peru datam de quantos anos?

Sua nota:

Você acertou de questões

Nível de aprendizagem:

Postar um comentário

O seu comentário é muito importante!

Postagem Anterior Próxima Postagem

Facebook