QUIZ DE PORTUGUÊS - 15 - DIVERSAS HABILIDADES - 8º ANO E 9° ANO

Prova online de Língua Portuguesa 8º ano e 9° ano com diversas habilidades

É necessário resolver todas as questões para gerar o resultado. Boa sorte!

quiz de língua portuguesa diversas habilidades 8º ano e 9º ano

Exibir respostas somente após resolver todas as questões:

Leia o texto abaixo. 

As Amazônias 

    Esse tapete de florestas com rios azuis que os astronautas viram é a Amazônia. Ela cobre mais da metade do território brasileiro. Quem viaja pela região, não cansa de admirar as belezas da maior floresta tropical do mundo. No início era assim: água e céu. 
    É mata que não tem mais fim. Mata contínua, com árvores muito altas, cortada pelo Amazonas, o maior rio do planeta. São mais de mil rios desaguando no Amazonas. É água que não acaba mais.

 SALDANHA, P. As Amazônias. Rio de Janeiro: Ediouro, 1995. 

  No texto, o uso da expressão “água que não acaba mais” revela

O trecho do texto que indica uma circunstância de tempo é:

O texto trata

A frase do texto que contém uma opinião é

A utilização dos dois pontos no trecho do texto “No início era assim: água e céu” está adequada porque apresenta

Leia o texto abaixo. 

O boto e a Baía da Guanabara 

    Piraiaguara sentiu um grande orgulho de ser carioca. Se o Atobá Maroto tinha dado nome para as ilhas, ele e todos os outros botos eram muito mais importantes. Eles eram o símbolo daquele lugar privilegiado: a cidade do Rio de Janeiro. 
- A “mui leal e heróica cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro”. 
    Piraiaguara fazia questão de lembrar do título, e também de toda a história da cidade e da Baía de Guanabara. 
Os outros botos zombavam dele: 
- Leal? Uma cidade que quase acabou conosco, que poluiu a baía? Heroica? Uma cidade que expulsou as baleias, destruiu os mangues e quase não nos deixou sardinhas para comer? Olha aí para o fundo e vê quanto cano e lixo essa cidade jogou aqui dentro! 
- Acorda do encantamento, Piraia-guara! O Rio de Janeiro e a Baía de Guanabara foram bonitos sim, mas isso foi há muito tempo. Não adianta ficar suspirando pela beleza do Morro do Castelo, ou pelas praias e pela mata que desapareceram. Olha que, se continuar sonhando acordado, você vai acabar sendo atropelado por um navio! 
    O medo e a tristeza passavam por ele como um arrepio de dor. Talvez nenhum outro boto sentisse tanto a violência da destruição da Guanabara. Mas, certamente, ninguém conseguia enxergar tão bem as belezas daquele lugar. 
    Num instante, o arrepio passava, e a alegria brotava de novo em seu coração. 

HETZEL, B. Piraiaguara. São Paulo: Ática, 2000. p. 16 – 20. 

  Em “se continuar sonhando acordado, você vai acabar sendo atropelado por um navio!”, o termo sublinhado estabelece, nesse trecho, relação de

O trecho: “- Leal? Uma cidade que quase acabou conosco, que poluiu a baía? Heróica?” O ponto de interrogação produz um efeito de

No trecho “Não adianta ficar suspirando pela beleza do Morro do Castelo...” a palavra suspirando apresenta no texto o sentido de

A ideia central do texto é

A frase do texto que contém uma opinião é

Sua nota:

Você acertou de questões

Nível de aprendizagem:



Postar um comentário

O seu comentário é muito importante!

Postagem Anterior Próxima Postagem