ATIVIDADE DE ENSINO RELIGIOSO - A REBELIÃO HUMANA - COM TEXTO E GABARITO

 Atividade de ensino religioso sobre a Rebelião Humana (A entrada do pecado) com texto e gabarito para o 6º ano, 7º ano, 8º ano e 9º ano.

 Você pode baixar esta atividade em PDF no final, pronta para impressão.

A REBELIÃO HUMANA


O ser humano sempre tentou explicar os aspectos negativos que cercam a existência. Tentando justificar a doença, a morte e sempre inconformado com a interrupção da maravilha de estar vivo. 

Conforme o surgimento das civilizações sobre a terra, diversas compreensões se desenvolveram para enfrentar a tristeza e o sofrimento. A sociedade sempre se debateu com os problemas enfrentados no convívio diário.

Reflita:

- Como surgiu o mal?

- Por que tantas pessoas sofrem?

- Se Deus existe, por que há tanta maldade no mundo?

Veja o que a Bíblia diz sobre o começo do mal:


O livro de Gênesis relata o surgimento dos primeiros seres humanos e mostra como o mal entrou no planeta. Segundo a Bíblia, Deus criou o homem e a mulher e os colocou em um lindo jardim sem mácula e sem defeito. No meio do jardim, no entanto, havia uma árvore conhecida como “a árvore do conhecimento do bem e do mal”. Deus disse que eles não deveriam comer desse fruto. Veja esse relato como mostra a Bíblia:




1. Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o SENHOR Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim?
2. E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos,
3. Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais.
4. Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis.
5. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal.
6. E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela.
7. Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.

Gênesis 3: 1 – 7

Segundo o Cristianismo, após esse episódio de desobediência do casal, o mal entrou no planeta e tudo de ruim passou a existir, como a morte, a doença, a tristeza, a dor do parto, dentre outros males. 

Conforme o relato bíblico, o mal não estava no fruto. A linguagem é simbólica para mostrar que o ser humano tinha uma escolha a fazer: seguir a direção de Deus ou se desligar dEle e seguir seu próprio destino. Este último foi escolhido pelo casal.

A liberdade

O Cristianismo é uma religião que prega a liberdade. Permite que cada ser humano escolha suas próprias convicções. Logo, a árvore do jardim representa essa liberdade de o ser humano fazer sua escolha. Nenhuma outra espécie tem essa capacidade, os animais agem por instinto. Já o ser humano age por livre convicção. Deus, segundo o Cristianismo, queria que o homem o amasse espontaneamente. Entretanto, podemos nos considerar livres para escolher, mas somos quase que obrigados a viver sob nossas consequências. Todas as nossas decisões possuem consequências, sejam boas ou ruins, tudo vai depender como estamos decidindo. 




Consequências do mal

A rebeldia do homem prejudicou o relacionamento dele com Deus, com a natureza e com as outras pessoas. Mas será que tudo está perdido? Para o cristianismo, a decisão errada do primeiro casal também traz elementos de esperança. Na mesma passagem bíblica, observa-se que Deus busca o ser humano e lhe oferece roupas feitas de peles e providencia proteção nas novas condições que o casal havia escolhido. No final, Deus faz uma promessa: um descendente da mulher irá vencer a serpente no futuro. Essa é a esperança que o mal será vencido!

Outras religiões

Outras religiões também têm visões muito parecidas sobre o bem e o surgimento do mal. Assim como para os cristãos, muitas outras crenças apresentam que o caminho para o bem está em seguir o Ser Transcendente. 

Refletindo
 
Uma religião chinesa (Confucionismo) diz: “Quando deseja o bem, o povo será bom. As virtudes do senhor são como o vento, as virtudes do povo são como pasto. O pasto inclina-se com o vento.” Analectos 12, 19

Texto: Tudo Sala de Aula


ATIVIDADE SOBRE O QUE VOCÊ APRENDEU


1. Por que a humanidade sempre tentou explicar os aspectos negativos que cercam a existência?
a) Para resolver todos os seus problemas.
b) Para minimizar os efeitos negativos do mal.
c) Para viver eternamente no planeta terra.
d) Porque o homem é inconformado com a vida.

2. Segundo o Cristianismo, por que Deus colocou a árvore no jardim se Ele não queria que o ser humano comesse desse fruto? 
_______________________________

3. Segundo a Bíblia, o que possibilitou a entrada do mal no planeta terra?
_______________________________

4. O que o ser humano desejou ao se alimentar do fruto proibido?
a) Ter uma alimentação saudável e equilibrada.
b) Experimentar uma fruta com sabor diferente.
c) Conhecer as consequências do mal na terra.
d) Possuir a capacidade de ser igual a Deus.




5. Conforme o Cristianismo, assinale (V) para Verdadeiro e (F) para Falso.
(   ) O homem não pode fazer suas escolhas.
(   ) A morte não é castigo, e sim consequência.
(   ) O bem e o mal são forças iguais que lutam.
(   ) Como possui liberdade, o homem pode errar.
(   ) Deus criou o pecado, a morte e o sofrimento.
(   ) Deus se importa com a felicidade humana. 

6. Em sua opinião, a maldade faz parte da natureza humana? Por quê?
________________________________

7. Alguma vez na sua vida você agiu com rebeldia e acabou sofrendo as consequências? Se sim, registre essa experiência.
________________________________

8. O filósofo Agostinho escreveu: “Deus é bom e tudo que Ele fez é bom. O mal indica ausência do bem.” Você concorda com o filósofo? Justifique sua resposta.
_________________________________

9. Observamos as maneiras de pensar sobre o mal e sua origem. De que forma a maldade está presente em nossa vida?
_________________________________




Atividade em PDF está mais abaixo, pronta para IMPRESSÃO e GABARITO!






Habilidades BNCC alcançadas:
(EF06ER01) Reconhecer o papel da tradição escrita na preservação de memórias, acontecimentos e ensinamentos religiosos.
(EF07ER08) Reconhecer o direito à liberdade de consciência, crença ou convicção, questionando concepções e práticas sociais que a violam.
(EF09ER07) Identificar princípios éticos (familiares, religiosos e culturais) que possam alicerçar a construção de projetos de vida.

GABARITO
1B / 2. A árvore no jardim do Éden representava a liberdade do ser humano para fazer escolhas. Deus queria que o homem e a mulher o amassem espontaneamente, por isso que permitiu o direito de escolha, ou seja, o livre-arbítrio.  (Professor, considere outras respostas). / 3. A desobediência de Adão e Eva no princípio. / 4D / 5. (F), (V), (F), (V), (F), (V) / 6. Resposta Pessoal. (É esperado que os estudantes respondam sim. Pois estudos do comportamento humano mostram que todos nós temos potencialmente uma natureza boa e uma ruim e cruel, ainda que esta seja "domesticada" pelas leis, religião, moral e ética.) / 7. Resposta Pessoal. / 8. Resposta Pessoal. / 9. Doenças, mortes, sofrimentos, guerras, fome... (Professor, considere outras respostas


Deixe um comentário mais abaixo avaliando esta atividade, é só rolar a página! Ficaremos felizes com seu comentário.


2 Comentários

O seu comentário é muito importante!

Postagem Anterior Próxima Postagem