QUIZ DE PORTUGUÊS - 12 - DIVERSAS HABILIDADES - 4º ANO E 5º ANO

Prova online de Português 4° e 5° ano com diversas habilidades. 

É necessário resolver todas as questões para gerar o resultado. Boa sorte!

Exibir respostas somente após resolver todas as questões:

Leia o texto abaixo. 

 Teobaldo, o caraco

    Há quem pense que caracol é bicho parado. Teobaldo não. Era cheio de afazeres e compromissos e fazia tudo na sua ligeireza de caracol. A sua vida era arrumar a casa, andar, comer folhas fresquinhas, arrumar, pegar engarrafamento de trânsito de formiga, comer, andar... uma doideira! Com tantos afazeres, não é que o Teobaldo começou a dar mancada? Pisar na bola, como se diz por aí. Esqueceu o chá das cinco com a Vespa. Não apareceu na formatura do Pernilongo. No casamento da Dona                     Baratinha com Dom Ratão, onde ele era padrinho, chegou tão atrasado que a noiva já estava viúva. O tempo foi passando e o caracol sempre atarefado, cada vez mais atrapalhado. Até que um dia... Teobaldo saiu com pressa porque estava atrasado e, quando se deu por conta, estava sem a casa nas costas. Perdeu perdida. E não tinha a menor ideia de onde a havia deixado. [...] 

  (CAEd - MEC). Qual é a personagem principal dessa história?

Leia o texto abaixo. 

 SATÉLITE DE FASES 

     A Lua é o único satélite natural da Terra. Quatro vezes menor do que nosso planeta, ela também é iluminada pelo Sol, não tem luz própria. Ao longo do ciclo lunar, a Lua vai adquirindo formas diferentes para nós que a observamos daqui da Terra. Mas na verdade sua forma não muda. O que muda é o quanto podemos ver da face da Lua que está sendo iluminada pelo Sol. 
    A Lua demora cerca de 27 dias para dar a volta ao redor da Terra e de seu próprio eixo. Por isso, é sempre o mesmo lado que fica de frente para o nosso planeta, chamado de lado visível. [...] 
   É o único lugar do espaço em que o homem já pisou. Doze astronautas já aterrissaram por lá, desfazendo o mistério: cheia de crateras, poeira e pedras, sem atmosfera nem água, a Lua não abriga nenhuma forma de vida.
 
 Fonte: www.canalkids.com.br 

  (CAEd - MEC). Qual é o assunto desse texto?

(CAEd - MEC). De acordo com esse texto, a Lua é iluminada

Leia o texto abaixo. 

 O MENINO AZUL 

    O menino quer um burrinho para passear. Um burrinho manso, que não corra nem pule, mas que saiba conversar. 
    O menino quer um burrinho que saiba dizer o nome dos rios, das montanhas, das flores, – de tudo o que aparecer. 
    O menino quer um burrinho que saiba inventar histórias bonitas com pessoas e bichos e com barquinhos no mar. E os dois sairão pelo mundo que é como um jardim apenas mais largo e talvez mais comprido e que não tenha fim. (Quem souber de um burrinho desses, pode escrever para a Ruas das Casas, Número das Portas, ao Menino Azul que não sabe ler.) 

 leiturinha.com.br 

  (CAEd - MEC). Nesse texto, o menino quer encontrar um burrinho que seja:

Leia o texto abaixo. 

 Prezada professora Aline, 
 Gostaria de avisar-lhe que hoje, 04/08, minha sogra Cristina não poderá buscar, na escola, minha filha Clarice. Quem fará isso será minha cunhada Juliana. 
 Certa de sua compreensão, desde já agradeço, 
 Luana 

  (CAEd - MEC). De acordo com esse texto, quem irá buscar Clarice na escola?

Leia o texto abaixo. 

 DONA COTINHA, TOM E GATO JOCA 

    Em frente à minha casa tem outra casa [...]. Ali mora dona Cotinha [...]. 
 Dia desses estava tomando sol e ouvi o Tom me chamar. [...] Ele estava no portão quando chegou dona Cotinha [...]. Dona Cotinha afagou minha cabeça e perguntou: 
 – Este gatinho é seu? 
 – Sim, senhora. [...] 
 – No primeiro dia que o vi por aqui, ele entrou na minha casa e cheirou tudo. Agora, sempre deixo uma comidinha para ele. 
[...] Dona Cotinha acabava de denunciar minha gula e meu aumento de peso. Continuou: 
 – Passe aqui no fim da tarde. 
[...] Naquela tarde voltamos à casa de Dona Cotinha. Ela foi logo mostrando pro Tom uma coleção de carrinhos antigos. [...] depois nos levou para uma sala repleta de livros. 
Tom ficou de boca aberta e perguntou: 
 – A senhora já leu todos esses livros? 
 – Praticamente todos. 
[...] infelizmente meus olhos não ajudam mais. [...] Tom começou a ler em voz alta. [...] O tempo parou. Desse dia em diante, à tardinha, eu e Tom tínhamos uma missão. Abrir os livros de dona Cotinha e deixar os personagens passearem pela casa mágica [...]. 

 Fonte: Nova Escola 

  (CAEd - MEC). No trecho “– Este gatinho é seu?” (ℓ. 5), o ponto de interrogação foi usado para

Leia o texto e resolva às questões 7 e 8: 

 A VAQUINHA LUDMILA 

    A vaquinha Ludmila é tão amorosa com seu bezerrinho Júnior, que o papai touro fica admirado. [...]      Numa tarde calma, perto do lago da pata Grisela, Ludmila espanta as moscas com a sua cauda enquanto Júnior fica pertinho dela. [...]
    Enquanto ruminam, as vaquinhas ficam sabendo que aquele será um dia de festa para elas. É que o senhor Zeca foi buscar grama fresquinha. Não há coisa melhor para Ludmila. Grama verdinha faz muito bem para o estômago de Ludmila [...] 
    A mamãe Ludmila [...] precisa se alimentar bem, porque ela produz leite para o bezerrinho Júnior e para a fazenda. Todos os dias, é feita a ordenha, e Ludmila fica toda satisfeita, porque tem bastante leite. [...] 
    O bezerrinho Júnior adora leite, pois fortalece seus ossos e músculos. E a mamãe Ludmila não tem o que reclamar dele. Sempre obediente e esperto, nunca fica doente. [...] 
    
Uma História por dia. Blumenau 

  (CAEd - MEC). De acordo com esse texto, as vaquinhas ficam sabendo que

(CAEd - MEC). Quando acontece essa história?

Leia o texto abaixo. 

 Papai Noel faz visita de rapel* a crianças em edifício no Recife 

     [...] o Papai Noel teve que encontrar novas formas de chegar até as crianças. Foi pensando em [...] proporcionar um momento memorável para os pequenos que um condomínio no bairro da Tamarineira, na Zona Norte do Recife, convidou um Papai Noel para descer de rapel pelo prédio. Martina Moura, subsíndica do edifício localizado na Rua Ibiapaba, contou que a ideia surgiu ao observar os trabalhadores que estavam fazendo a reforma da fachada do prédio. “Na hora, achei que a minha ideia era meio louca e que não ia rolar, mas falei com o zelador e ele falou que era sim viável”, disse. 
     O condomínio convidou Alexandre Cristiano, de 33 anos, que há dez anos trabalha com rapel em serviço de manutenção de edifícios. “Eu sou acostumado a fazer isso todo dia, mas dessa vez foi diferente, fui fantasiado de Papai Noel e vendo as crianças felizes”, afirmou. Os preparativos para a visita começaram dias antes [...]. 
    As crianças escreveram seus pedidos em cartinhas entregues em mãos ao Papai Noel, que apareceu na varanda de cada um dos apartamentos. “Pedimos para que os moradores que quisessem a visita amarrassem uma meia nas telas de proteção. Ele visitou os 24 andares”, contou Martina. [...] 
     Por volta das 19h, Alexandre já tinha visitado todos os apartamentos e virado o Papai Noel do condomínio, conquistando adultos e crianças que ficaram felizes com a visita de Natal [...]. 

 *Vocabulário: rapel: processo de descida de uma vertente ou paredão na vertical com a ajuda de uma corda dupla. 

 Fonte: Globo 

  (CAEd - MEC). Esse texto foi escrito para

(CAEd - MEC). Com base nesse texto, um condomínio no bairro da Tamarineira, na Zona Norte do Recife, convidou um Papai Noel para

Sua nota:

Você acertou de questões

Nível de aprendizagem:



Postar um comentário

O seu comentário é muito importante!

Postagem Anterior Próxima Postagem