ATIVIDADE DE INTERPRETAÇÃO E COMPREENSÃO DE TEXTO SOBRE O RACISMO - DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Leia o texto abaixo para responder às questões 1 - 10:

RACISMO

Entenda o que é o racismo, qual é a sua origem e o que representou para o mundo durante os séculos XIX e XX.

Fonte do texto: https://escolakids.uol.com.br

       Para se compreender bem o que é o racismo, é necessário saber, antes de tudo, que a própria palavra racismo tem uma origem relativamente recente. Ela apareceu pela primeira vez em um artigo publicado em uma revista francesa intitulada Revue Blanche, no ano de 1902. Nas décadas que se seguiram, o termo começou a se popularizar em quase todas as línguas europeias (inglês, português, espanhol etc.), sendo usado para denominar as concepções sobre superioridade e inferioridade racial que começaram a vigorar na Europa a partir do século XIX.
        Em pouco tempo, essas concepções, que tinham aprovação de muitos cientistas da época, passaram a “justificar” ações políticas racistas em várias partes do mundo. Três exemplos podem ser dados de imediato (depois voltaremos a eles): 1) a política antissemita (relativa à perseguição aos judeus – povo semita) na Alemanha nazista, que culminou no holocausto; 2) o apartheid, na África do Sul; 3) as leis de segregação racial no sul dos Estados Unidos da América.

Quais são as origens do racismo?
         O racismo tem uma origem cientificista, isto é, ele se originou a partir de determinadas teses de cientistas europeus do século XIX, sobretudo médicos e antropólogos, que usaram de seus conhecimentos para elaborar doutrinas raciais. Um dos procedimentos utilizados por esses médicos consistia em medir o tamanho do crânio de indivíduos de “raças” diferentes. Os crânios maiores, que supostamente comportavam mais massa cerebral, eram indicativo de superioridade racial. Outro procedimento consistia em analisar os traços fisionômicos (relativos à feição humana, aos traços faciais), como nariz, lábios, orelhas, cor dos olhos, para que fosse determinado o grau de “pureza racial” atingido por determinada raça ao longo da evolução do homem.

Racismo no Brasil


        Em outras regiões do mundo, como o Brasil, o racismo existiu e ainda existe, mas com uma diferença grande para os exemplos citados acima: no Brasil, nunca houve, após a abolição da escravatura, em 1888, leis (nem federais nem estaduais) que segregassem (separassem e diferenciassem) negros de brancos.
        Muitos autores da virada do século XIX para o século XX acreditavam que os vários surtos de doenças que haviam no interior do Brasil eram resultado da contaminação da raça negra sobre a branca, que resultara na figura do mestiço, anêmico e doente. Monteiro Lobato, quando elaborou pela primeira vez seu personagem “Jeca Tatu”, tinha isso em mente. Depois, com o início das pesquisas sanitaristas (pesquisas médicas que tinham a missão de esclarecer os agentes de transmissão de doenças, como mosquitos, ratos etc.), Lobato e vários outros escritores e intelectuais abandonaram as antigas concepções racista

Escola Kids

1. O texto tem a finalidade de
a) revelar os impactos causados pelo racismo no mundo.
b) apresentar as características do racismo como também sua origem.
c) diferenciar os tipos de racismo no Brasil.
d) criticar as pessoas que praticam racismo.


2. Segundo o texto, racismo é definido como
a) termos populistas surgidos em diversos países.
b) todo ato de preconceitos causados pelos seres humanos.
c) conceitos de superioridade e inferioridades sobre uma determinada raça.
d) igualdade e fraternidade entre as raças e etnias.

3. Que ações políticas mundiais foram usadas pela sociedade cientificista para justificar a concepção de racismo?
____________________________________________

4. Segundo o texto,
a) para entender a ideia de racismo é importante reconhecer a sua origem.
b) todas as pessoas desenvolvem atitudes preconceituosas e racistas.
c) um artigo sobre o racismo foi publicado pela primeira vez em um jornal.
d) a política não está relacionada ao racismo, e sim, à cultura.

5. O racismo tem sua origem com base na
a) religião.
b) política.
c) ciência. 
d) medicina.


6. Segundo uma pesquisa apresentada no texto, um indicativo de superioridade racial foi comprovado a partir 
a) do tamanho do corpo de diferentes raças.
b) da medida da face de diversas raças.
c) do comportamento das pessoas.
d) da capacidade de massa cerebral.

7. Segundo o texto, o racismo no Brasil
a) deixou de existir após a abolição da escravatura em 1888.
b) ainda possui leis que segreguem os brancos dos negros.
c) ainda permeia na sociedade brasileira.
d) continua semelhante como antes de 1888.

8. Muitos autores brasileiros acreditavam que
a) o século XX trouxesse menos atos racistas pelo mundo.
b) algumas doenças estavam correlacionadas à união de raças diferentes. 
c) o racismo não poderia ser combatido, pois eles próprios eram racistas.
d) a ciência não estava relacionada às mudanças de ideias racistas.

9. O que foi determinante para os escritores brasileiros, como Monteiro Lobato, a mudar seu entendimento quanto às concepções racistas?
_________________________________________

10. O principal objetivo do texto que você leu foi
a) propagar uma ideia.
b) trazer uma informação ao leitor.
c) argumentar sobre os impactos causados pelo racismo.
d) criticar atitudes racistas e preconceituosas. 


GABARITO
1B / 2C / 3. A política antissemita, o apartheid e as leis de segregação racial no sul dos Estados Unidos. / 4A / 5C / 6D / 7C / 8B / 9. As pesquisas sanitaristas e médicas que tinham a missão de esclarecer os agentes de transmissão de doenças, como mosquitos, ratos etc. / 10B

POSTE UM COMENTÁRIO

Tudo Sala de Aula agradece sua interação conosco!