ATIVIDADE DE RELIGIÃO (BNCC): RELIGIÕES AFRO-BRASILEIRAS - ANOS FINAIS

  SUA HISTÓRIA

As religiões afro-brasileiras são aquelas originadas na cultura de diversos povos africanos trazidos como escravos ao Brasil entre os séculos XVI e XIX. Tendo um importante papel na preservação das tradições culturais dos diferentes grupos étnicos negros (afro-brasileiros), há também, atualmente, um grande número de brancos e outros grupos étnicos que aderem a tais religiões, em especial o candomblé e a umbanda. Em quatro séculos de tráfico negreiro, cerca de 3,5 milhões de africanos aportaram no Brasil na condição de escravos, o equivalente a 37% do total da população do continente americano.



As religiões afro-brasileiras formaram-se em diferentes regiões e estados do Brasil e em diferentes momentos da história. Por isso, elas adotam não só diferentes formas rituais e diferentes versões mitológicas derivadas de tradições africanas diversificadas, como também adotam nome próprio diferente.


CRENÇAS

Crê-se na sobrevivência da alma após a morte física e na existência de espíritos ancestrais que, caso divinizados (os Orixás, cultuados coletivamente), não materializam; caso não divinizados (os Egungun), materializam em vestes próprias para estarem em contato com os seus descendentes (os vivos), cantando, falando, dando conselhos e auxiliando espiritualmente a sua comunidade. Observa-se que o conceito de "materialização" no Candomblé, é diferente do de "incorporação" na Umbanda ou na Doutrina Espírita.


CANDOMBLÉ


De todas estas religiões, o Candomblé é a que mais carrega características da África, uma vez que esta é uma doutrina africana, mas que recebeu influência de outras fés após a chegada dos negros no Brasil. Como os africanos eram proibidos de cultuarem suas divindades em solos brasileiros, eles passaram a fundir os seus símbolos com os da igreja católica. No meio deste sincretismo surge o Candomblé afro-brasileiro, que cultuavam os orixás e tem uma forte fundamentação de sacralização dos animais.


UMBANDA


Geralmente confundida com o Candomblé, a Umbanda é uma religião brasileira, mas que acabou recebendo forte influência dos candomblecistas. Nascida em 1908, através do Médium Zélio Fernandino de Moraes e de seu guia, o Caboclo das 7 encruzilhadas, a Umbanda rompe-se com o Espiritismo, mas carrega muitas de suas características. Nesta religião não há a sacralização de animais.


Apesar de serem muito semelhantes, estas religiões possuem história de origem e características bem peculiares. E são exatamente estas diferenciações que fazem das doutrinas movimentos únicos, que perduram o tempo e carregam consigo a historicidade do povo negro. Vale ressaltar que elas possuem ainda várias ramificações dependendo de onde ela está inserida geograficamente.



ATIVIDADES SOBRE O QUE VOCÊ APRENDEU



1. Como surgiram as religiões afro-brasileiras? 

___________________________________________


2. Cite pelo menos duas crenças das religiões estudadas na aula de hoje.

___________________________________________


3. O que chamou sua atenção nas religiões afro-brasileiras? 

___________________________________________


4. Por que os negros africanos necessitaram fundir seus símbolos religiosos com os da Igreja Católica?

___________________________________________


5. Qual a importância das religiões afro-brasileiras na historicidade do povo negro?

___________________________________________



GABARITO

1. As religiões afro-brasileiras surgiram na cultura de diversos povos africanos trazidos como escravos ao Brasil entre os séculos XVI e XIX. 

2. A sobrevivência da alma após a morte física e a existência de espíritos ancestrais.

3. Resposta Pessoal.

4. Porque eram proibidos de cultuarem suas divindades em solos brasileiros.

5. Porque carregam consigo toda a história e cultura do povo negro. 



PLANEJAMENTO PARA O PROFESSOR

OBJETO DO CONHECIMENTO
Doutrinas religiosas

OBJETIVO DE AULA
Reconhecer a forte influência da herança africana nas diversas manifestações culturais dos brasileiros.
Apresentar  as religiões afro-brasileiras: candomblé e umbanda, com suas semelhanças e diferenças.
 
HABILIDADE BNCC
(EF08ER03) Analisar doutrinas das diferentes tradições religiosas e suas concepções de mundo, vida e morte.

Atividade elaborada por Maurício Araújo

POSTE UM COMENTÁRIO

Tudo Sala de Aula agradece sua interação conosco!