INTERPRETAÇÃO DE TEXTO (SONETO) 9º ANO e ENSINO MÉDIO

Leia o soneto abaixo de Gregório de Matos para responder as questões:

Amor Fiel

“ Ó tu do meu amor fiel traslado 
Mariposa entre as chamas consumida, 
Pois se à força do ardor perdes a vida, 
A violência do fogo me há prostrado. 

Tu de amante o teu fim hás encontrado, 
Essa flama girando apetecida; 
Eu girando uma penha endurecida, 
No fogo que exalou, morro abrasado. 

Ambos de firmes anelando chamas, 
Tu a vida deixas, eu a morte imploro 
Nas constâncias iguais, iguais nas chamas. 

Mas ai! que a diferença entre nós choro, 
Pois acabando tu ao fogo, que amas, 
Eu morro, sem chegar à luz, que adoro.”

                                   Gregório de Matos

EXERCÍCIOS


1ª) A que imagem o amor do eu lírico é comparado nos dois primeiros versos?
2ª) Que imagem pode ser construída a partir da atitude da mariposa no segundo verso?
3ª) O que a mariposa representa na primeira estrofe?
4ª) E o que representa a chama?
5ª) Por que o sujeito lírico diz que morre girando uma penha endurecida?
6ª) Por que o eu lírico implora a sua própria morte?
7ª) Que verso revela a morte do amor de sua amada?
8ª) Que verso do soneto revela a humilhação do eu lírico por um amor ainda não conquistado?
9ª) A quem se refere o pronome “nós” na última estrofe?
10ª) A situação do amante é pior do que a da mariposa. Descreva o final da mariposa e do eu lírico.
11ª) Localize no soneto duas antíteses.
12ª) Qual a estrutura de um soneto?

GABARITO
1ª) A uma mariposa.
2ª) Uma mariposa girando em torno da chama de uma vela ou de uma lâmpada.
3ª) Representa o amante, o sujeito lírico.
4ª) Representa a mulher amada, aquela que atrai o sujeito.
5ª) Porque a mulher amada não corresponde ao seu amor.
6ª) Porque percebe que seu amor não é correspondido.
7ª) "Tu a vida deixas, eu a morte imploro"
8ª) "A violência do fogo me há prostrado."
9ª) A mariposa e ao eu lírico.
10ª) Mariposa: Antes da sua morte, ela alcança ao fogo (o amor). 
       Eu lírico: Morre antes de alcançar a luz (o amor).
11ª) Vida e morte.
12ª) Um soneto é composto de quatro estrofes, sendo as duas primeiras com quatro versos e as duas últimas estrofes com três versos.


5 Comentários

Tudo Sala de Aula agradece sua interação conosco!

Postar um comentário

Tudo Sala de Aula agradece sua interação conosco!