ATIVIDADE DE INTERPRETAÇÃO E COMPREENSÃO DE TEXTO - GÊNERO: POEMA - ANOS FINAIS

O poema a seguir trata do sentimento de amizade.


Meus amigos
quando me dão a mão
sempre deixam
outra coisa

presença
olhar
lembrançacalor

meus amigos
quando me dão
deixam na minha
a sua mão

                  LEMINSKI, Paulo. Caprichos e relaxos. São Paulo, Brasiliense, 1983. p.86.

1.Quantas estrofes e quantos versos tem o poema?
________________________________

2. O poema tem rimas finais? Tem rimas internas?
________________________________

3. A “presença” dos amigos que fica nas mãos do poeta marca – se por duas sensações: uma física e uma psicológica. Identifique – as.
________________________________


4. É possível afirmar que os traços dessa presença são tão fortes que o poeta não consegue separá – los. Que recurso ele teve de empregar para expressar esse fato?
________________________________

5. Na última estrofe, o poeta omite intencionalmente uma palavras que já ocorreu no texto. Qual palavra?
________________________________

6. A palavra mão tem muitos significados em português. Atribua a ela um significado adequado em cada frase:
a) Tinha ótima mão para cerâmica.
________________________________

b) O poder passou às mãos da oposição.
________________________________

c) Cuidado! Esta rua não dá mão à esquerda!
________________________________

d) Acho que esta sua redação tem mão de seu pai…
________________________________

GABARITO


1. três estrofes; onze versos
2. Rima final, só na última estrofe: dão/mão. Rimas internas: dão/mão (1ª estrofe); presença/lembrança(calor) (2ª estrofe)
3.física: calor; psicológica: lembrança
4. um substantivo composto: lembrançacalor.
5. Mão, no segundo verso.
6.a) habilidade, destreza
b) controle
c) sentido em que um veículo deve transitar
d) influência, intervenção

Participe! Deixe um comentário!

Tudo Sala de Aula agradece sua interação conosco!

Postagem Anterior Próxima Postagem