Interpretação Crônica - (7º ao 9º) Tecnologia


A TECNOLOGIA
Crônica de Nacélio Simoa, 8º ano SGA-CEProfessor Maurício Araújo 

         Acordei cedo. Sem o que fazer naquela manhã, resolvi ir à praça da minha localidade. Antes, um espaço sem construção, cavalos amarrados nas estacas esperando seus donos que assistiam à missa. Hoje, observava o pouco movimento da comunidade, alguns poucos carros, motos e os pássaros que insistiam em alegrar aquela manhã nos pés de cajueiros.

        Com o vento lambendo meu rosto e um calor de mil graus em plena manhã, percebi um casal de idosos que acabara de sentar naquele banco quase quebrado. Acho que esperavam algum transporte para ir à cidade, já que precisamos nos deslocar do nosso pacato lugar para resolvermos nossos problemas.
Ele parecia meio que revoltado, algo o intrigava. Aproximei-me sem despertar sua atenção, descobri que falava de internet. Não era bem essa palavra que ele fazia uso, mas desvendei que esse era o assunto. Ele dizia para aquela senhora que ouvia suas inquietações:
            - Esse povo de hoje só vive nesse tal de facebook.
            -Verdade. A minha neta ganhou de presente um celular e agora não faz outra coisa, senão cutucar aquele troço. Não gosto disso! Falou aquela senhora.
            Entre tantas conversas naquele banco da praça, o senhor então resolveu amenizar o tom do diálogo:
            -Me recordo da dona Toinha que comprou uma televisão e resolvi ir a sua casa para vê-la depois de tantas conversas na vizinhança sobre a novidade. Saí correndo desesperado tropeçando os pés no batente da porta da casa quando a vi funcionar.
            -É o ônibus!
            -Vamos então.
            -O importante é valorizar e respeitar esta nova tecnologia, afinal, não podemos fazer nada para detê-la, apesar dela tanto nos ajudar.
            -Cuidado com o batente, não vá bater o pé de novo!
            -Claro que não!
            Aquela cena chamou minha atenção, pois percebi como a tecnologia influencia diretamente na vida das pessoas, jovens ou idosos. E se você leitor, gostou do meu texto e se interessou por ele, posso te enviar pelo e-mail, afinal, hoje tudo depende apenas de um clique.

1ª) Em relação às características do texto, escreva:

a) Gênero:
_________________________________________________________

b) Tipo discursivo ou tipologia (expositivo, argumentativo, narrativo, descritivo, injuntivo...):
_________________________________________________________

c) narrador (personagem, observador ou onisciente): 
_________________________________________________________

d) Domínio discursivo (literário, jornalístico, religioso, acadêmico...):
_________________________________________________________

e) Tipo de discurso (direto ou indireto):
_________________________________________________________


2ª) Qual o assunto do texto?
_________________________________________________________

3ª) O que alegrava a manhã daquela comunidade?
_________________________________________________________

4ª) No trecho: Com o vento lambendo meu rosto e um calor de mil graus em plena manhã...” as figuras de linguagem presentes no trecho, são, respectivamente,
a) ironia e eufemismo.
b) personificação e hipérbole.
c) metáfora e hipérbole.
d) catacrese e metonímia.


5ª) No trecho: “Ele parecia meio que revoltado, algo o intrigava. Os termos destacados indica que o homem estava
a) entristecido e com raiva.
b) indignado e angustiado.
c) com raiva e desconsolado.
d) triste e incomodado.


6ª) “Me recordo da dona Toinha que comprou uma televisão...”, neste trecho, percebemos o uso da linguagem
a) formal.
b) informal.
c) técnica.
d) gíria.


7ª) “Saí correndo desesperado tropeçando os pés no batente da porta da casa quando a vi funcionar.” A palavra em destaque se refere a
a) porta.
b) batente.
c) televisão.
d) casa.



8ª) Segundo o texto, o homem se aproximou para ouvir a conversa. Que diálogo de um dos personagens abaixo revela o assunto da conversa entre os moradores?
a) “-Verdade. A minha neta ganhou de presente um celular...”
b) “-Vamos então.”
c) “-Me recordo da dona Toinha que comprou uma televisão...”
d) “- Esse povo de hoje só vive nesse tal de facebook...”

9ª) Na fala da personagem: “... senão cutucar aquele troço.”, o que podemos compreender sobre o cotidiano vivido por aquela senhora?
a) Ela faz uso das tecnologias apesar de não gostar.
b) Ela demonstra repúdio com o uso de algumas tecnologias.
c) Apesar de detestar a tecnologia, ela apoia claramente o seu uso por familiares.
d) Aborrece quem faz uso das tecnologias.

10ª) “-Cuidado com o batente, não vá bater o pé de novo!” Que fato este diálogo retoma?
_______________________________________________________

11ª) Apesar da inquietude por parte dos personagens sobre o uso de algumas tecnologias, que frase revela o apoio a  tecnologia de um dos personagens?
_______________________________________________________

12ª) A frase que revela uma opinião é
a) “Ele parecia meio que revoltado, algo o intrigava.”
b) “... a tecnologia influencia diretamente na vida das pessoas...”
c) “O importante é valorizar e respeitar esta nova tecnologia...”
d) “Não era bem essa palavra que ele fazia uso, mas desvendei que esse era o assunto...”

13ª) Na frase: “Não era bem essa palavra que ele fazia uso, mas desvendei que esse era o assunto.” A palavra em destaque introduz uma
a) conclusão.
b) explicação.
c) oposição.
c) adição.


14ª) Percebe-se no final que o autor Nacélio  Simoa dialoga com o leitor quando escreve: “E se você leitor, gostou do meu texto e se interessou por ele, posso te enviar pelo e-mail, afinal, hoje tudo depende apenas de um clique.” no termo em destaque, ele faz uso de uma figura de linguagem conhecida como

a) metáfora.
b) ironia.
c) catacrese.
d) hipérbole.

GABARITO
1. a) Crônica   b)Narrativo   c)Personagem   d)Literário    e)Direto
2. Tecnologia
3. Os pássaros
4. b
5. b
6. b
7. c
8. d
9. b
10. Retoma a história contada pelo velho anteriormente quando viu a televisão pela primeira vez.
11. “O importante é valorizar e respeitar esta nova tecnologia, afinal, não podemos fazer nada para detê-la, apesar dela tanto nos ajudar.”
12. c
13. c
14. d

32 Comentários

Tudo Sala de Aula agradece sua interação conosco!

  1. Parabéns pela iniciativa, professor! Seu material é de excelente qualidade.

    ResponderExcluir
  2. Fiquei em dúvida em relação a 5ª questão. Acredito que a resposta correta seja a letra d.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiz uma alteração na alternativa D para não causar dúvida. Obrigado pela dica!

      Excluir
  3. o tipo de narrador é personagem, não é? Observe os verbos e pronomes na primeira pessoa.

    ResponderExcluir
  4. Gostei de sua página professor. Parabéns.

    ResponderExcluir
  5. OBG PROFESSOR!!!!
    Acertei quase todas e as 2 respostas eu acerteiiii!!!!
    Vai me ajudar muito amanhã

    ResponderExcluir
  6. 10-segundo o texto, o homem se aproximou para ouvir a conversa.que diálogo de um dos personagens abaixo revela o assunto da conversa entre os moradores?
    a "_verdade.a minha neta ganhou de presente um celular..."
    B "_vamos entoe."
    C "_me recordo da dona toinha que comprou uma televisão..."
    D "_esse povo de hoje só vive nesse tal de Facebook..."

    ResponderExcluir
  7. amei! Me ajudou muito! Sou professora e utilizei com meus alunos! Muito obrigada.

    ResponderExcluir
  8. Thank you very much for seeing 밤알바 information.
    Thank you very much for seeing 밤알바 information.

    ResponderExcluir
  9. Parabéns professor! Como faço para usar sua proposta com meus alunos? Há um termo que preciso preencher?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não precisa, professor, sinta-se a vontade em usá-las e caso queira alguma orientação, entre em contato.

      Excluir
  10. A questao do narrador nao seria o observador?

    ResponderExcluir
  11. Parabéns, excelente material,irei utilizar com meus alunos. grata!

    ResponderExcluir
  12. Ótima atividade. gostei muito!

    ResponderExcluir
  13. Você é maravilhoso!!
    Parabéns pelas atividades.

    ResponderExcluir
  14. GOSTEI MUITO DAS ATIVIDADES!MINHA GRANDE ADMIRAÇÃO PELA SUA BOA VONTADE EM AJUDAR OS COLEGAS DE PROFISSÃO, AINDA QUE DESCONHECIDOS.MUITO OBRIGADA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito grato, Heliane, pelo seu comentário. Tenho prazer em ajudar mesmo.

      Excluir

Postar um comentário

Tudo Sala de Aula agradece sua interação conosco!